Pré escuta: Orchester Abass – De Bassari Togo

Em 1972, a Orchester Abass lançou dois singles incríveis na Polydor, com Samarin Banza, Haka Dunia e outras obras-primas afrofunk, foi quando a descoberta de material inédito da banda que se lançaram as sementes para este projeto.

Tudo aconteceu em 2008 no Gana, estavam passando algumas fitas que foram propriedade da PolyGram, uma das maiores gravadoras do oeste africano no final dos anos 80.

Orchester Abass

Na época, a instabilidade política e os toques de recolher paralisaram a indústria da música, forçando a Polygram a fechar suas subsidiárias no Gana, deixando para trás todas as suas gravações. Foram então embaladas em caixas e deixadas vegetando num depósito de Acra por três décadas. Para surpresa, todas as fitas pareciam ilesas e foi aí que descobriram as fitas da Orchester Abass em excelente estado de conservação. Surgiu então a ideia de lançar um álbum da banda e esse plano ganhou um impulso adicional com um “golpe de misericórdia” que havia chegado uma música ultra rara chamada Honam, descoberta em Sotoboua, uma pequena cidade no norte do Togo. no meio do nada. Esse achado completou esta seleção.

Mighty Togolese Afrofunk 1972-1974

Já havia sido descoberta alguma música parecida no norte do Benin e na Nigéria, uma área que se estendia do norte de Gana até o norte de Camarões, uma área que lhe chamaram “O cinturão islâmico” devido a bandas como Super Borgou de Parakou. , Napo De Mi Amor, Uppers International e Hamad Kalkaba só para citar alguns, todos a partir desse “cinturão”, pelo facto destes grupos serem formados por músicos de origem islâmica. Isso pode ser sentido e ouvido na música e particularmente no canto, uma vez que muitos dos músicos frequentaram escolas corânicas e as línguas usadas muitas vezes usavam elementos árabes fundidos.
Com seu som de organ-led combinando com arranjos mais sofisticados, estes discos foram o trabalho de uma grande potência rítmica e agora honrados pela editora alemã Analog Africa ao apresentar as gravações da banda mais funk do Togo.

Infelizmente Malam Issa Abass, o fundador, guitarrista e tocador de órgão da banda, foi morto em 1993 por uma granada no seu quarto e para reconstruir a biografia da banda foi com a preciosa ajuda de Thon Komla, um dos compositores da banda. e o guitarrista Abderaman Issa.

Todas as música foram licenciadas diretamente dos vários compositores. O vinil é prensado em vinil 180 na Virgin e o gatefold contém imagens inéditas e uma biografia detalhada da banda.

A edição limitada deste álbum da banda togolesa “Orchester Abass” que contem seis obras-primas de Afrofunk, sendo duas delas inéditas, com data de lançamento marcada para 12 de dezembro 2018, mas está disponível no Bandcamp duas semanas antes!

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.